R. Mozart Calheiro, 645, Dourados - MS (67) 99949-9078
Notícias

A corrida é nos dias atuais a segunda modalidade esportiva mais praticada no Brasil e em nosso estado não seria diferente, fazemos parte desta nova paixão nacional. Endorfina, hormônio do bem-estar… NÃO TEM IDADE.

Diversos fatores têm contribuído para aumentar a busca pela atividade física, sejam eles: bem-estar, saúde, qualidade de vida, emagrecimento, longevidade. Com certeza alguns destes fatores já fizeram parte da sua vida. E o que você fez? O que buscou para satisfazer essas necessidades.

As respostas podem ser as mais variadas possíveis, mas com certeza muitas delas, passam de longe pela orientação segura de um profissional. O embasamento teórico, momento em que você entende os porquês, os limites a serem respeitados, identifica suas características, enfim, passa a se conhecer melhor, fica condenado a segundo plano.

Muitos passam diretamente para o treinamento prático, sem respeitar os fatores fisiológicos. Vícios de postura, o estado de saúde geral, enfermidades, tudo é desconsiderado pela “ilusão” da saúde perfeita.

Já identifiquei em vários alunos, a falta de fatores essenciais para prática da corrida, como o vestuário adequado, horários, alimentação, ingestão de líquidos e periodicidade de treinamento, a fim de garantir-lhes os resultados esperados.

É preciso também respeitar a natureza, as condições climáticas, fatores meteorológicos, afinal, não somos “super homens”, mas pessoas comuns, dotadas de qualidade físicas específicas em maior ou menor grau.

Pois bem, devemos enfrentar esses fatores, mas sempre com cuidado, as altas temperaturas associadas à baixa umidade na nossa região é fator preocupante. Existem vários sites onde o atleta pode verificar os índices de umidade relativa do ar e se precaver, aumentando a ingestão de líquidos e evitando os horários de maior exposição ao sol, variando ainda o percurso, procurando parques e locais com mais sombra.

Da mesma forma encontramos obstáculos nos frios dias de inverno. Nesses períodos, há como fazer treinos alternativos, esteiras, spinning, enfim, tudo de acordo com as opções do local onde se vive. Outra opção é verificar os horários mais quentes do dia, evitar correntes de ar e principalmente se agasalhar, é lógico que sem exageros.

Bem, não é à-toa que temos vários corredores de renove no cenário nacional, que fizeram seus treinos ainda como iniciantes, como muitos de nós iniciantes e porque não dizer até aventureiros, mas num dado momento de suas carreiras, perceberam a necessidade de mudança e de utilização de técnicas e cuidados especiais como forma de manter a saúde e favorecer sua performance.

Venha para o time dos campeões. Maira Brum Assessoria  Esportiva…..Você em primeiro lugar!
0