R. Mozart Calheiro, 645, Dourados - MS (67) 99949-9078

Planejar uma viagem para Israel exige, além da tradicional escolha de roteiros e passeios, muita atenção aos detalhes. Confira nossas dicas:

COMO CHEGAR

Do Brasil, a El Al tem voos diretos de São Paulo a Tel Aviv, três vezes na semana. A companhia aérea é nota 10: o espaço para as pernas é notável, o atendimento dos comissários é excelente (sempre verificando se os passageiros necessitam de algo mais), além da qualidade da alimentação no voo.

NO AEROPORTO

Chegue com muita antecedência ao aeroporto para voar para Israel — as tradicionais três horas de antecedência serão bem utilizadas nesta situação.

É que antes de você embarcar, são realizadas uma série de perguntas de segurança pelo pessoal da companhia aérea (onde você vai ficar, com quem vai, o que vai fazer por lá, etc, etc), e delas não têm como escapar. A duração da “entrevista” depende do passageiro. E não esqueça de levar toda a documentação que tem direito: reserva de hotel, passagem de retorno, passeios reservados por agência de viagem.

Chegando em Tel Aviv, o procedimento de retirada de bagagens é o mesmo em qualquer lugar do mundo.

Ao retornar ao Brasil, fique atento no aeroporto: antes de fazer o check-in, você fará o mesmo procedimento de segurança realizado no Brasil.

VISTO

Brasileiros não precisam de visto para entrar em Israel.

SEGURANÇA

Uma das principais perguntas de todos: como é a segurança em Israel? Grande parte das atrações, especialmente em Jerusalém, tem controle de segurança na entrada. Além disso, há vários pontos de checagem de segurança na estrada que liga Tel Aviv a Jerusalém. Tudo isso em virtude de controle de terrorismo. Quanto a assaltos, encontramos o país sem problemas neste ponto (mas não deixe de tomar os cuidados de sempre com seus pertences).

O país recebe cerca de 3 milhões de turistas todo o ano. Quando estivemos lá, para a Maratona de Jerusalém, no mês de março, era impressionante a quantidade de turistas no país. Nossa dica é fazer passeios guiados, agendados no país ou previamente em agências de viagem do Brasil. Fique atento aos acontecimentos do país antes de embarcar e aproveite a viagem!

COMO SE LOCOMOVER

Os passeios que fizemos em Israel foram realizados com um guia todo o tempo. As vantagens? Aproveitar e aprender muito mais sobre o país além de não se incomodar com transporte e a sensação de segurança.

Outras opções são as linhas de ônibus da cidade e os táxis — veja no site oficial de turismo de Israel um resumo sobre outras formas de transporte no país.

IDIOMA

Em Israel é falado o hebraico pela maior parte da população. O árabe também é utilizado, mas por minorias. Mas não se preocupe: Israel é um dos países que já visitamos com maior facilidade para encontrar pessoas que falam inglês.

CLIMA

Prepare-se para muito, mas muito calor nos meses de primavera/verão (abril/setembro), especialmente nas regiões da costa e nas áreas mais desérticas. Em Jerusalém, o clima é frio no inverno, com temperaturas médias próximas aos 8°C, e com considerável volume de chuvas. Já no verão, o tempo é seco, com média de temperatura ao redor dos 22°C.

LEIA TAMBÉM

O nosso diário de viagem a Jerusalém e Tel Aviv.

Fonte: Correr pelo Mundo

0

Destaque, Dicas

Treinar com outras pessoas pode ser mais eficiente e divertido

Não é novidade que a corrida é um eficiente meio de deixar o corpo saudável. Além de favorecer a queima de gorduras, uma corrida leve que dure 40 minutos protege as articulações de lesões, tonifica músculos e deixa o coração mais forte. Os benefícios da corrida ainda podem ser multiplicados se ela for praticada em grupo.
De acordo com uma pesquisa da Universidade de Oxford , no Reino Unido, doses maiores de endorfina, o hormônio que dá a sensação de bem-estar, são liberadas pelo nosso corpo quando malhamos ou corremos em conjunto com outras pessoas. “Quando fazemos atividades em grupo, temos um sentimento de carinho, cuidado, afeto e amizade. Esses sentimentos criam uma relação de proteção, capaz de fazer a pessoa relaxar e curtir o momento mais do que se ela fizesse isso sozinha”, explica a psicóloga clínica Rita Romaro.
Além disso, a atividade é especialmente divertida quando é praticada em grupo porque, ao contrário da maioria dos esportes, ela não tem número máximo de participantes e é feita ao ar livre. “Para fazer parte de um grupo de corrida, só é preciso ter vontade de correr”, diz o preparador físico Edson Ramalho, mestrando em ortopedia na Universidade de Campinas.
Confira abaixo, alguns benefícios que a corrida com uma turma pode fazer por você.

1. É mais fácil começar

Muitas pessoas querem ter hábitos mais saudáveis só que não conseguem sair de uma rotina sedentária sozinhas. Por isso, o incentivo de alguém é importante na hora de irem para a pista. “Isso é algo muito comum nos grupos de corrida que acompanho. A maioria dos integrantes começou com uma experiência incentivada por amigos”, diz Edson. Normalmente, as pessoas são convidadas para correr um dia e acabam se divertindo tanto com os integrantes do grupo que têm vontade de voltar no dia seguinte para estreitar relações.
“A maioria dos corredores começou com uma experiência incentivada por amigos”

2.Fica difícil desistir

Fazer parte de um grupo protege o corredor de ficar desanimado. “Os elogios que normalmente são ditos durante uma atividade em grupo servem de estímulo para continuar e melhoram a autoestima”, explica Rita Romaro. Por isso, quando um corredor está infeliz com os resultados do treino, os outros integrantes o ajudam a não desistir e a continuar tentando a alcançar o seu objetivo. Além da força que os amigos dão, o empenho e os resultados dos outros corredores servem de exemplo para aqueles que estão desmotivados. “É normal que o desempenho de uma pessoa se sobressaia. O restante do grupo, quando vê o que essa pessoa consegue fazer, fica incentivado a alcançar os mesmos resultados que ela”, diz Edson

3.Leva bronca se faltar

O treino se torna mais eficiente quando os corredores estão comprometidos a atingir as metas estipuladas pelo preparador físico. Uma das características mais fortes de um grupo de corrida é que as pessoas levam os treinos mais a sério do que aquelas que correm sozinhas. Quando marcam um dia da semana para correr, raramente elas faltam, ou a bronca vem em coro. “As pessoas ficam tão disciplinadas como atletas de alto nível, e deixam de dar desculpas para faltar aos treinos”, afirma o preparador físico.

4.A vitória fica mais divertida

Conseguir alcançar uma meta estipulada traz um sentimento de superação. Esse efeito é ainda maior quando um bom resultado é alcançado em grupo. “As pessoas olham para traz e percebem todo o esforço que fizeram juntos para conseguir alcançar o objetivo. Além disso, quando a meta é batida, sempre há uma comemoração, uma festa, o que não acontece quando você treina sozinho”, diz Edson Ramalho.

5.Pode unir a família

A corrida em grupo pode ser um meio de estreitar as relações familiares. “Hoje em dia é muito comum que pais e filhos não tenham muito tempo para ficar juntos, e é difícil encontrar uma atividade que possa ser feita por todas as idades e agradar todos os gostos. Por isso, muitas famílias formam pequenos grupos de corrida para fazer uma atividade conjunta”, conta o preparador físico.

6.Aumenta o círculo social

Mesmo que você não tenha conhecidos que gostem de correr, fazer parte de um grupo de corrida pode melhorar o seu convívio social. “Apesar de a corrida ser um esporte que precisa de disciplina, ela é muito acessível e não precisa de muito tempo nem dinheiro para ser praticada. Por isso, é fácil ver pessoas que se conhecem em um grupo de corrida se tornarem amigas, mesmo só tendo em comum o gosto por esse esporte”, diz Edson.

7.Melhora o desempenho profissional

As relações criadas em ambientes profissionais normalmente são mais superficiais devido às conversas desse círculo ficarem restritas a problemas de trabalho. “As pessoas que conhecemos no trabalho parecem outras quando as vemos fazendo atividades mais leves e divertidas”, diz a psicóloga Rita Romaro. De acordo com Edson Ramalho, cada vez mais as empresas estimulam os funcionários a correr em grupo. Esta medida simples melhora a comunicação no escritório, aumenta a intimidade e faz com que cada um dos profissionais tenha um melhor rendimento no trabalho, já que os seus funcionários ficam saudáveis e com mais disposição. FONTE : http://www.minhavida.com.br/conteudo/11757-correr-em-grupo-sete-motivos-para-comecar-ja.htm
0