R. Mozart Calheiro, 645, Dourados - MS (67) 99949-9078
Notícias

A prática de exercícios por conta própria: saiba mais sobre os riscos causados!

Na atualidade, cresce mais o número de praticantes de exercícios que treinam por conta própria nas academias ou em suas próprias residências. Isto é causado pela facilidade de acesso a algumas informações sobre treinamento adquiridas pela própria internet, revistas, vídeos ou pela vivência nas academias. Porém, ao treinar por conta própria estes indivíduos deixam de contar com o auxílio e o conhecimento dos professores de educação física e até colocam sua saúde, física e mental em risco. Podemos considerar que o maior fator de risco num treinamento por conta própria são as lesões. As lesões podem ocorrer por gestos motores realizados incorretamente, onde as posturas incorretas colocam a coluna vertebral e as articulações em descompensação de cargas, riscos de lesões articulares e desvios posturais, levando o corpo a fadiga muscular e mental, causando muitas vezes excessos de treinamento, o overtraining.

O overtraining é a combinação de três fatores: quantidade abusiva de treinos, pouco descanso e uma dieta pobre. As consequências, por sua vez, vão da ordem muscular, passando por problemas nas articulações, até resultar em malefícios no sistema imunológico e no aspecto psicológico até a depressão.

– Eu pifei, tive um curto circuito no meu corpo. Não conseguia levantar a perna, subir uma escada e ainda por cima estava sem voz – acrescenta. (professora de ioga Adriana Camargo, que treinava por conta própria).

Fonte: http://globoesporte.globo.com/atletismo/corrida-de-rua/
0

É cada vez maior o número de pessoas que aderem à prática de atividades físicas. Pesquisas mostram que a maioria opta pelas corridas e caminhadas, por serem considerados esportes baratos e que se encaixam perfeitamente ao tempo disponível neste “corre corre” dos dias atuais.

Mas na hora de escolher o tênis é que começa o problema. Com tantas marcas e modelos, nike, mizuno, uma infinidade de opções para escolha, qual o tênis mais adequado?

Nessas horas a falta de informações constitui a maior barreira para quem busca acertar na compra.

O comprador deve comparar os preços, mas antes de tudo deve buscar os benefícios das tecnologias oferecidas, elas podem trazer maior conforto, reduzir o desgaste físico do atleta e, principalmente, evitar lesões.

Para isso você deve informar ao vendedor sua pretenções, qual quilometragem pretende percorrer, se a modalidade escolhida é corrida ou caminhada, buscar informações quanto ao seu tipo de pisada e as correções que se fazem necessárias.

De posse destas informações faça uma análise, pesquise, tire suas dúvidas e para dar maior segurança procure um profissional de saúde para orientá-lo. Você poderá descobrir que nem sempre as informações que lhe foram passadas atendem ao seu tipo de pé.

Agora é pesquisar e boa compra. Por Guto Rodriguez

0