R. Mozart Calheiro, 645, Dourados - MS (67) 99949-9078
Realizou-se neste domingo, entre Fátima do Sul e Dourados, a 26ª Maratona do Fogo. A prova teve na classificação geral os seguintes vencedores: Masculino 1º Lugar – Paulo José da Silva, Rolândia-Paraná 2º Lugar – Edson Pereira Sousa, São Roque-São Paulo 3º Lugar – Paulo CezarSantos de Jesus, Mandaguari- Paraná 4º Lugar – Sebastião Rodrigues Viana, Embu das Artes-São Paulo 5º Márcio Ferreira Torres. Feminino 1º Lugar – Marizete de Paula Rezende, Poços de Caldas-Minas Gerais 2º Lugar – Grazielle Francelino Pedroso, Uberaba-Minas Gerais 3º Lugar –  Hosana Lucena Nascimento Pereira,  São Roque- São Paulo 4º Lugar – Lourdes Maria de Jesus Oliveira, Apucarana-Paraná 5º Lugar –  Maria Marluce Barbosa de Lima,  Taboão da Serra-São Paulo Fonte: www.folhadedourados.com.br
3

Não importa a idade ou o condicionamento. A bike está na moda e ajuda a afugentar a gordura e problemas de saúde. É hora de tirar máximo proveito dela com muita segurança

 Não é preciso ser um grande observador para perceber como as bikes estão conquistando as ruas Brasil afora. Há pessoas que as adotaram como meio de transporte, famílias que se divertem em cima do selim no final de semana e ainda uma porção de gente que pedala só para manter a forma. O motivo não interessa tanto. A ciência apoia esse modismo pra lá de saudável. Um estudo recente do Instituto do Coração de São Paulo, o Incor, revela que os indivíduos que suam na magrela por uma hora mais de três vezes por semana conseguem baixar o colesterol cinco vezes mais rápido que os sedentários. Não à toa, os ciclistas estão menos sujeitos a infartos e derrames. Quem anda de bicicleta também espanta a fadiga e a depressão. É que o esporte, quando praticado regularmente, aumenta o número de mitocôndrias, estruturas cruciais ao bom funcionamento celular. Quando as células aproveitam direito a energia, o corpo e a mente ganham disposição. Para desfrutar dos benefícios, no entanto, é imprescindível tomar alguns cuidados. “A atividade deve ser adaptada às necessidades e limitações e a intensidade precisa ser adequada para evitar lesões”, orienta o fisiologista Paulo Zogaib, da Universidade Federal de São Paulo.

Antes de montar na bicicleta, é importante lembrar que ela precisa estar de acordo com o seu corpo. Encontrar essa sinergia é algo facilitado pelo bikefit, uma avaliação para acertar na postura. Ela é disponibilizada por algumas clínicas e lojas esportivas. “Medimos os ângulos dos joelhos, cotovelos e coluna e levamos em conta esses dados mais o histórico do ciclista”, explica a ortopedista esportiva Kelly Stéfani, de São Paulo. “É preciso respeitar a biomecânica de cada corpo. Simples mudanças no selim ou no guidão podem trazer grandes repercussões”, argumenta seu colega de especialidade Marcelo Filardi, da capital paulista.

 Os primeiros modelos de bicicleta foram esboçados em 1790, mas o formato que triunfou foi dado por um ferreiro escocês em 1839. Não se esqueça de equipar a bike com lanterna traseira e farol na frente

Mesmo quem resiste a pedalar nas ruas pode tirar vantagem do esporte em ambiente fechado. “Na academia, o ideal é começar na bicicleta ergométrica e, conforme se ganha condicionamento, avançar”, diz Zogaib. Ou seja, partir para as aulas de spinning. A intensidade do exercício – e isso se aplica a andar ao ar livre – varia com os objetivos. Treinos intervalados, que alternam pedaladas lentas e aceleradas, são a pedida para os que desejam emagrecer. Agora, nunca abuse, sob o risco de ficar com dores pelo corpo e se lesionar. Quem pedala com consciência, sobretudo pelas avenidas, tem na parceira de duas rodas uma aliada que nunca sai de moda.

Conheça seus limites

Dois exames indicam o valor exato da frequência cardíaca máxima e ainda alertam para doenças

Ergométrico É prescrito para os iniciantes. Numa esteira, eletrodos verificam como o coração reage ao esforço e flagram indícios de encrencas.

Ergoespirométrico É para quem já treina. Parece o ergométrico, mas conta com uma máscara que capta o oxigênio. Descobre dados essenciais para montar o treino com segurança.

 Por um passeio seguro: equipamentos e truques para pedalar sem riscos e bikes para todos os gostos

Capacete Evita a principal causa de morte entre ciclistas, o traumatismo craniano.

Óculos de sol Protegem os olhos contra os raios solares e a poeira do asfalto.

Mochila Não vale exagerar no peso. É útil para carregar uma muda de roupa e um lanche.

Bermuda almofadada Aplaca o desconforto na virilha e no bumbum durante o passeio.

Frequencímetro É indicado para medir os batimentos cardíacos e dosar a intensidade.

Tênis Os iniciantes podem usar os de academia, com sola mais fina. Os experientes usufruem melhor das sapatilhas.

Selim Para as mulheres, que têm a região da bacia mais larga, o banco deve ter a base ampla e a ponta mais curta e larga. O selim dos homens pode ser mais comprido e estreito.

Pedais Há modelos como o de encaixe, em que uma mola é presa ao pé do ciclista; o plataforma, mais tradicional; e o estilo presilha, que mantém o pé grudado ali.

Pneus Seu desenho e suas saliências variam em função do terreno onde se pedala. Estradas pedregosas, por exemplo, exigem pneus com saliências maiores.

Squeeze É o grande aliado contra a desidratação. Dê um belo gole a cada 20 minutos. Vale água mineral, isotônico ou água de coco.

Posição dos braços O ideal é mantê-los semiflexionados para suportar o impacto do terreno.

Posição das pernas Elas não devem se esticar muito quando o pedal é empurrado para baixo. O joelho tem de ficar flexionado levemente.

Para evitar cãibras Mantenha o pé paralelo ao solo e evite forçar o calcanhar para baixo nas subidas. Assim, os músculos não são sobrecarregados.

De velocidade Trata-se do modelo predominante entre os ciclistas que mantêm uma rotina de treino. Apesar de não ser confortável por causa do selim estreito, tende a oferecer resultados melhores, tanto na performance quanto na redução da gordura corporal.

Dobrável É o tipo perfeito para quem trabalha na cidade grande e faz o percurso até o escritório na bike. A maioria pesa cerca de 10 quilos e, além de leve, é bastante confortável. Com a vantagem de poder ser dobrada, é claro, o que facilita viagens dentro de trens e metrôs.

Na academia Há a bicicleta ergométrica, que pode ter ou não apoio para as costas e costuma ser a porta de entrada para o ciclismo. E existem os modelos para aulas indoor, como spinning, modalidade feita em grupo que costuma ser acompanhada de música e alternar ritmos leves e intensos.

Pedalar emagrece Para perder peso, é preciso ficar de olho nos batimentos cardíacos. Acima você vê a equação que dá o valor aproximado da frequência cardíaca máxima (FCM), base para calcular seu ritmo na bike. Um exemplo: caso o resultado seja 190, o ideal para queimar gordura é manter a frequência acima de 60% dessa marca, ou seja, 114 bpm (batimentos por minuto).

 

Fonte: http://saude.abril.com.br/emagrece-brasil/saude-duas-rodas-bicicleta.shtml

 

0

Calendário, Notícias
III GP CIDADE MORENA

Realizou-se no último dia 21, no Autódromo Internacional de Campo Grande, 3º GP CIDADE MORENA, competição que contou com a presença de mais de 200 atletas. A prova aberta a todos os ciclistas devidamente cadastrados na Confederação Brasileira de Ciclismo, em várias categorias: Elite, Sub-30, Máster 30 a 34 anos, Máster 35 a 39 anos, Máster 40 a 44 anos, Máster 45 a 49 anos, Máster 50 a 54 anos, Máster 55 a 59 anos, Veteranos – 60 anos acima, Feminina – livre, Júnior – 17 e 18 anos, Juvenil – 15 e 16 anos e Infanto Juvenil – 13 e 14 anos.

Aos atletas douradenses que participaram da competição os parabéns, em especial os atletas Paulo Sérgio Dias Lobo e Nicolas Azambuja, que obtiveram as primeiras colocações nas categorias Máster 40 a 44 e Juvenil, respectivamente.

Próximo desafio…..  GP SECRETA BIKE DE CROSS-COUNTRY 2011, BARRA DOS GARÇAS – MT , de 3 a 4 de Setembro de 2011.   Confira os demais resultados:

 CATEG. SUB 30

6 – 08.6569.07 – FÁBIO FRANCISCO FRAZÃO – ASSOC. MODELO DOURADENSE

 CATEGORIA MÁSTER 30 A 34

4 – 08.13492.11- HEVERTON MENES – ASSOC. MODELO DOURADENSE DE CICLISMO – MS

8- 08.7875.09 – RICARDO ORTIZ CABREIRA – ASSOC. MODELO DOURADENSE – MS

 CATEGORIA MÁSTER 40 A 44

1 –08.6480.07 – PAULO SÉRGIO DIAS LOBO – ASSOC. MODELO DOURADENSE

3 – 08.6565.07 – NELSON FRANÇA ALVES JÚNIOR – ASSOC. MODELO DOURADENSE

9 – 08.8497.08 – SÉRGIO QUEIROZ DE SOUZA – ASSOC. MODELO DOURADENSE

15 – 08.9146.08 – EDILSON DA SILVA – ASSOC. MODELO DOURADENSE

 MÁSTER 45 A 49

5 – 08.6483.07 – JORGE ALVES FRANÇA – ASSOC. MODELO DOURADENSE

 CATEGORIA FEMININA

7 – 08.5640.06 – RIVANDA BURTON DA SILVA – ASSOC. MODELO DOURADENSE

8 – 08.9151.08 – CHRISTIANE DE LIMA GONÇALVES – ASSOC. CAMPOGRANDENSE

 CATEGORIA JUVENIL

1 – 08.9326.10 – NICOLAS AZAMBUJA – ASSOC. MODELO DOURADENSE

1

Notícias

Calendário: corridas de rua em julho

Confira a distância e o local das principais provas da modalidade no país

Corridas de julho
Corrida Distância Data Local Inscrições
Maratona Beto Carreiro 42 km 02/07 Penha (SC) Saiba mais
Circuito das Estações – Inverno 05 e 10 km 03/07 São Paulo (SP) Saiba mais
Bragança 10K 05 e 10 km 03/07 Bragança Paulista (SP) Saiba mais
Circuito Popular  – Etapa Aricanduva 05 e 10  km 03/07 São Paulo (SP) Saiba mais
Bombeiros 10k 10 km 03/07 São Paulo (SP) Saiba mais
Ecorrida de Revezamento 30k 10, 15 e 30 km 03/07 Belo Horizonte (MG) Saiba mais
Meia Maratona das Cataratas do Iguaçu 21 km 03/07 Foz do Iguaçu (PR) Saiba mais
Maratona de revezamento 42 km 03/07 Fortaleza (CE) Saiba mais
Super 9K Montevérgine 04,05 e 09 km 09/07 São Paulo (SP) Saiba mais
Circuito Popular – Etapa Capela do Socorro 05 e 10 km 09/07 São Paulo (SP) Saiba mais
Circuito Athenas – Segunda  etapa 08 e 16 km 09/07 Rio de Janeiro (RJ)
Corrida Internacional Nove de Julho 10 km 09/07 Boa Vista (RR) Saiba mais
Circuito das Estações  – Inverno 05 e 10 km 10/07 Salvador (BA) Saiba mais
Circuito Popular – Etapa Perus 05 e 10 km 10/07 São Paulo (SP) Saiba mais
Meia Maratona de Curitiba 05, 10 e 21 km 10/07 Curitiba (PR) Saiba mais
Run Series 05 e 10 km 10/07 Goiânia (GO) Saiba mais
Dez Milhas Brasil 16 km 10/07 Porto Alegre (RS)
Série Delta – Segunda etapa 05 e 10 km 17/07 Ribeirão Preto (SP) Saiba mais
Circuito das Estações – Inverno 05 e 10 km 17/07 Curitiba (PR) Saiba mais
Circuito Popular – Etapa Prudente 05 e 10 km 17/07 São Paulo (SP) Saiba mais
Eco Run 05 e 10 km 17/07 Brasília (DF) Saiba mais
BH Diamond Run 06 km 17/07 Belo Horizonte (MG) Saiba mais
Circuito Athenas – Segunda etapa 08 e 16 km 17/07 São Paulo (SP)
Golden Four 21 km 17/07 Belo Horizonte (MG)
Maratona do Rio de Janeiro 06, 21 e 42 km 17/07 Rio de Janeiro (RJ) Saiba mais
Circuito das Estações  – Inverno 05 e 10 km 24/07 Rio de Janeiro (RJ) Saiba mais
Circuito Popular – Etapa Jaçanã 05 e 10 km 24/07 São Paulo (SP) Saiba mais
Run Series 05 e 10 km 24/07 Curitiba (PR) Saiba mais
Ecorrida de Revezamento 30k 10, 15 e 30 km 24/07 São Paulo (SP) Saiba mais
The View Guarujá 16 km 24/07 Guarujá (SP) Saiba mais
Dez Milhas Brasil 16 km 24/07 São Paulo (SP)
Maratona Brasília 8, 21e 42 km 24/07 Brasília (DF) Saiba mais
Corrida Noturna  São Paulo 04 e 08 km 30/07 São Paulo (SP) Saiba mais
Copa Paulista de Corridas de Montanha 06 e 12 km 30/07 Atibaia (SP) Saiba mais
Série Delta – Segunda etapa 05 e 10 km 31/07 Campinas (SP) Saiba mais
Circuito Popular – Etapa Cidade Ademar 05 e 10 km 31/07 São Paulo (SP) Saiba mais
Circuito Lotus 05 e 10 31/07 Belo Horizonte (MG)
Meia Maratona de São Bernardo 05 e 21 km 31/07 São Bernardo do Campo (SP) Saiba mais
Maratona Internacional Maurício de Nassau 05, 10, 21 e 42 km 31/07 Recife (PE) Saiba mais
Fonte: Globoesporte.com
2

Quer correr pelos principais pontos históricos de São Paulo? A Corrida Centro Histórico tem percurso de 9km que passa pelo Teatro Municipal, Praça da Sé, Pátio do Colégio e Viaduto do Chá.

Todas as informações abaixo foram retiradas do site oficial da competição, com textos da Equipe Correr pelo Mundo.

07 de agosto de 2011, às 8h, com largada na av. Libero Badaró (e concentração no Vale do Anhangabaú), em São Paulo.

Clique aqui para efetuar sua inscrição.

Não disponível.

Clique para visualizar o percurso.

Não disponível.

Clique para visualizar a altimetria do percurso.

Em agosto, as médias das temperaturas em São Bernardo do Campo costumam variar entre 13°C e 23°C.

Depois de finalizada a prova, os resultados estarão disponíveis no site oficial da competição.

Fonte: Correr pelo Mundo

0

Quer correr pelos principais pontos históricos de São Paulo? A Corrida Centro Histórico tem percurso de 9km que passa pelo Teatro Municipal, Praça da Sé, Pátio do Colégio e Viaduto do Chá.

Todas as informações abaixo foram retiradas do site oficial da competição, com textos da Equipe Correr pelo Mundo.

07 de agosto de 2011, às 8h, com largada na av. Libero Badaró (e concentração no Vale do Anhangabaú), em São Paulo.

Clique aqui para efetuar sua inscrição.

Não disponível.

Clique para visualizar o percurso.

Não disponível.

Clique para visualizar a altimetria do percurso.

Em agosto, as médias das temperaturas em São Bernardo do Campo costumam variar entre 13°C e 23°C.

Depois de finalizada a prova, os resultados estarão disponíveis no site oficial da competição.

Fonte: Correr pelo Mundo

0

É neste domingo, 19 de junho, que acontece a tão esperada Maratona de São Paulo. Além do percurso de 42km, corredores participarão também de provas de 25km e 10km.

Além da nossa página dedicada à corrida, com todas as informações básicas, que vão desde a localização dos postos de hidratação até a altimetria, postamos aqui outras dicas bacanas e curiosidades para quem participar da prova e aproveitar, também, para visitar a cidade e ver o que São Paulo tem de melhor:

ESTRUTURA

Os números da Maratona de São Paulo não são pequenos. Uma das maiores provas do Brasil (em 2010 foram 20.000 inscritos), a Maratona terá 400.000 copos de água, 18 postos de hidratação ao longo do percurso (sendo que 3 terão isotônico e 1 com gel), 420 banheiros e 1.500 pessoas trabalhando na organização do evento.

INFORMAÇÕES BÁSICAS

Confira a nossa página dedicada à corrida, com todas as informações para você se programar para a prova.

Veja também, no site oficial da prova:

Mapa da arena da largada

Mapa da arena de chegada

Manual do atleta

PREVISÃO DO TEMPO

Previsão do tempo, como o próprio nome diz, é uma previsão, e é bem comum que exista variações no que se diz na previsão e no que realmente acontece. Uma das queixas dos corredores com relação a esta prova é quanto ao horário de largada, um pouco tarde (mesmo sendo mais cedo do que em 2010): a Elite feminina larga às 7h50, e a largada geral ocorre às 8h25, muito provavelmente em virtude da transmissão da prova pela TV.

Para o domingo, a previsão é de sol, com mínimas de 13°C e máximas de 24°C (previsão conferida no dia 15/06).  Então, o jeito é não descuidar da hidratação durante todo o percurso e torcer para que as temperaturas fiquem amenas pela manhã.

CONHECENDO A CIDADE

São Paulo é um verdadeiro paraíso para os viajantes de todos os gostos e bolsos. Além de uma oferta cultural intensa, a cidade oferece uma das maiores variedades em termos de gastronomia do Brasil, que vai desde restaurantes sofisticados nos Jardins até o tradicionalíssimo sanduíche de mortadela do Mercado Municipal.

Quem corre os 42km vai poder conferir boa parte das atrações da cidade. A prova tem largada na Avenida Jornalista Roberto Marinho, em direção à Marginal Pinheiros. O corredores cruzam a Ponte do Morumbi, seguindo pela Marginal (de onde você verá a Ponte Estaiada, inaugurada em 2008) até a Av. Pres. Juscelino Kubitschek e de lá para a Ponte Cidade Jardim. Ali, os corredores passarão ao lado do Jockey Clube da cidade, na Avenida Lineu de Paula Machado, local de largada de diversos circuitos de corridas em São Paulo.

Dali os corredores seguem para o túnel Dr. Eurycledes de Jesus Zerbine, seguindo pela Avenida Valdemar Ferreira – na Praça Vicente Rodrigues, seguem pela Avenida Afrânio Peixoto, e logo depois de poucos kms chegarão na Cidade Universitária da USP, um dos locais que recebe muitos corredores – e é na cidade universitária que fica o Museu de Arte Contemporânea da USP.

Depois de correr pela Cidade Universitária, os corredores retornam por parte do mesmo trajeto de ida, e, chegando na Avenida Juscelino Kubitschek, os corredores seguem em direção a outro ponto de encontro dos corredores paulistanos: o Parque do Ibirapuera, e dali, estarão a poucos momentos da chegada, que acontece na Av. Pedro Alvares Cabral, no Obelisco da cidade.

Mas, São Paulo é uma cidade gigantesca, e muita coisa bacana fica de fora do percurso. Pra não perder nada de sua estada na cidade, recomendamos os seguintes sites para você conferir a programação do final de semana:

Cidade de São Paulo – site oficial do turismo da cidade

Viaje na Viagem – São Paulo – site do Ricardo Freire com dicas da cidade

Fonte:

0

Em setembro, São Paulo recebe a Meia Maratona das Pontes, com percurso que larga da Ponte Transamérica e passa pela Ponte Estaiada. Veja os detalhes!

Todas as informações abaixo foram retiradas do site oficial da competição, com textos da Equipe Correr pelo Mundo.

25 de setembro de 2011, a partir das 7h, com largada na Ponte Transamérica, em São Paulo.

Clique aqui para efetuar sua inscrição.

Não disponível.

Clique para visualizar o percurso.

Não disponível.

Não disponível.

Em setembro, as médias das temperaturas em São Paulo costumam variar entre 14°C e 24°C.

Depois de finalizada a prova, os resultados estarão disponíveis no site oficial da competição.

Fonte:

0